domingo, 22 de abril de 2018

Jogo sem "Graça" valeu pelos três pontos


Venú em disputa de bola com Alexandre
Ninenses somaram nova vitoria desta vez frente ao aflito Aguias da Graça

Em jogho antecipado da 30ª Jornada da Pro-Nacional , o Ninense recebeu e bateu a equipa do Aguias da Graça , mercê do golo obtido ainda no primeiro tempo pelo suspeito do costume, Rui Gomes. 
A equipa forasteira,  que está em zona aflitiva na tabela classificativa , apareceu em Nine sedenta de pontos, mas seriam os famalicenses logo aos tres minutos a desperdiçar o golo, com Venú a cabecear por cima da baliza de Nuno .  
Os bracarenses quase marcavam perto do quarto de hora, não fosse Marafona fazer bem a mancha e desviar para canto. Na resposta, Rui Gomes remata cruzado , com o publico a gritar golo, mas a bola a raspar o poste . Aos 19 minutos, Abilio sai lesionado e dá o lugar a Jardel. 
Já perto do intervalo, acontece o golo solitario que viria a definir o resultado final.  Socrates escapa pela direita  e assiste de feição Rui Gomes inaugurando assim o marcador. 
Rochinha em lance dividido com Ruca
A segunda parte começou tal como a primeira, e com Marafona em destaque - ele porventura o grande "responsãvel" por esta vitoria - com Joao Paulo novamente na cara da baliza e o experiente guardião , desta vez com os pés a negar o golo do empate. 
Perto do minuto doze, os visitantes ficaram a pedir grande penalidade - a bola no entanto vai á cara de André - e na resposta Socrates isola-se a caminho da baliza e Leandro acaba por rasteirar o avançado ninense, recebendo ordem de expulsão. 
A jogar com menos uma unidade e em desvantagem no marcador, muitos pensariam que o jogo estaria resolvido , mas o Aguias da Graça agigantou-se e conseguia chegar com perigo á area ninense, quer em lançamentos longos, quer em bolas paradas.  Pelo meio, e até final da partida, os comandados de Hugo Santos teriam algumas oportunidades para "matar" o jogo, mas o marcador não mais de alteraria até ao apito final do arbitro Ulisses Costa. 
O trio de arbitragem esteve á altura dos acontecimentos, numa actuação quase imaculada de Ulisses Costa e sues pares. 

Num jogo onde o Ninense esteve longe de fazer o que de melhor se viu esta época, acabou por valer pelos pontos alcançados , com  Marafona a ter papel principal nas redes ninenses, mas com o Ninense a nem ter tempo para saborear a vitoria, já que na proxima Quarta-Feira recebe o Joane em jogo a contar para as meias finais da Taça AF BRAGA . 


domingo, 15 de abril de 2018

Ninense com novo triunfo na receção ao Pevidem

Venú foi um dos maestros do meio campo, aqui em lance com Deco (Pevidem)


Equipa famalicense não tira o pé do acelerador e soma nova vitoria que lhe permite somar 50 pontos.

O Ninense regressou aos triunfos este domingo ao receber e bater o Pevidem por duas bolas a uma, numa das melhores primeiras partes da época do conjunto liderado por Hugo Santos.
A equipa da casa desde cedo mostrou que procurava a vitoria, e logo aos nove minutos o artilheiro ninense Rui Gomes não marca , ao esbarrar com duas boas intervenções de Andre Preto, guardião visitante. 
O guarda-redes do Pevidem seria mesmo a figura do encontro na etapa inicial , já que escassos minutos depois , salvou a sua equipa novamente, com valorosas defesas a remate de Venú e Rui Gomes. 
Pouco depois, foi o capitão Luis Faria que quase marcava auto-golo ao tentar desviar um centro venenoso de Tiago Silva. O golo dos locais adivinhava-se e aos 26 minutos , Rochinha abre o marcador, aproveitando uma escapada de Ventura pela direita, que serviu o companheiro na perfeição. 
Com um meio campo competente, o Ninense ia somando ocasiões de golo , mas o intervalo chegou logo depois.
 A segunda parte começou no mesmo frenesim da primeira, e logo no terceiro minuto o Ninense dilata o marcador. Xavi , um dos melhores em campo , rouba o esferico a um defensor forasteiro, e na cara de Preto tem a frieza necessaria para servir de bandeja o seu colega Rui Gomes , que luta nesta fase pela liderança dos marcadores do campeonato.
Abraço sentido entre Xavi e Rui Gomes , após terem construido o segundo golo
 O mesmo jogador poderia ter mesmo matado o jogo pouco depois, com Tiago Silva em brilhante jogada individual a assistir o colega, mas Rui Gomes a mandar incrivelmente por cima da baliza deserta do Pevidem. 
Praticamente na resposta, a equipa vimaranense reduziu o marcador , fruto de um escorregão do guarda-redes ninense Marafona que permitiu a Tó Coentrão que lhe roubasse o esferico e relançasse o desafio para os minutos finais. 
O Pevidem fez o assalto final ás redes ninenses, acabando mesmo com três defesas em campo , mas foi o Ninense que dispôs das oportunidades mais claras para selar o resultado final. 
O apito final do jovem arbitro Ricardo Antunes soaria pouco depois, com os visitantes a reclamarem um lance confuso na area ninense. Pelo meio dos protestos , já o apito final tinha soado , Peixe , que havia sido substituido ainda no primeiro tempo, acabou expulso por palavras dirigidas ao trio de arbitragem. 
Tiago Silva, um dos melhores em campo
Num jogo onde o Ninense foi superior ao adversario a maior parte do tempo, e onde podia e devia ter matado o jogo atempadamente, pode queixar-se o Pevidem de ter dado meia parte de avanço aos comandados de Hugo Santos. 
O trio de arbitragem acabou por rubricar uma prestação positiva , tentando sempre estar á margem da polémica , frente a uma equipa visitante que por vezes parecia dar mais importancia a contestar decisões do que propriamente a tentar em jogo jogado equilibrar a contenda. 

Ficha de jogo 

Campeonato Pro-Nacional AF BRAGA 

AD NINENSE 2 - PEVIDEM SC 1 

Arbitro : Ricardo Antunes auxiliado por João Pimenta e Paulo Almeida 

Pelo Ninense jogaram: Marafona, Andre, Martins, Novo, Rui Torres, Xavi, Venu, Ventura (Nuno Afonso 73 m), Rochinha, Tiago Silva (Socrates 80 m) e Rui Gomes (Junior 90 m).  
Treinador :Hugo Santos

Pelo Pevidem jogaram: Preto, Luis Faria, Joao Dias, Dabo (Diogo Lopes 59 m), Tó Coentrão, Pablo, Costinha, Peixe (Joao Andre 42 m), Deco (Faria 71 m), Fabinho e Tiago Francisco. 
Treinador: Chalana 

Marcador: Rochinha (1-0 aos 26 m), Rui Gomes (2-0 aos 48 m), Tó Coentrão (2-1 aos 61 m).

Disciplina: Amarelos : Pablo (45 m), Diogo Novo (47 m), Costinha (47 m), Martins (55 m), Fabinho (73 m), Diogo Lopes (90 m), Faria (90 + 2 m). 
Vermelho direto para Peixe após o final do encontro.

segunda-feira, 9 de abril de 2018

Empate soube a pouco para os visitantes




Jogo repartido com momentos de jogo distintos podia ter dado vitoria aos forasteiros.

O Ninense foi este Domingo empatar a uma bola no terreno do Brito, em jogo a contar para a 28ª Jornada do Pro-Nacional da AF Braga.
A equipa vimaranense , que vive um período conturbado a nível interno, tentou sacudir a pressão e entrou muito forte na partida, marcando o golo inaugural logo aos 4 minutos, com Lamosa a desviar a bola ao segundo poste com toque subtil.
Os homens da casa poderiam ter mesmo dilatado o marcador, mas a trave da baliza de  Marafona evitou tal intento. Aos poucos, o Ninense foi tomando conta das operações, e Rochinha deu primeiro sinal de perigo com um remate perigoso.
O mote estava lançado, e á passagem da meia hora, Rui Gomes empata a partida com um remate potente á entrada da área, não dando hipóteses ao guardião Paulinho.
A segunda parte foi de domínio forasteiro, justificada pelo bom empenho dos atletas ninenses que sempre procuraram a vitoria, mas também pela notória quebra física dos locais , que viam a bola rondar as suas redes em lances perigosos.
Nuno Afonso rendeu Ventura e deu logo sinal de perigo ao rematar com estrondo no travessão da baliza de Paulinho.  Socrates e Diogo Novo tiveram nos pés excelentes oportunidades para carimbar a vitoria, mas o som do apito final soaria rapidamente, ditando a divisão de pontos.
A prestação do trio de arbitragem liderado por Filipe Araujo não foi sempre bem compreendida pelos intervenientes, já que raramente apitava , deixando jogar por vezes nos limites. Ainda assim, o único cartão amarelo atribuído a Rochinha, já no período de descontos, fez com Filipe Araujo e seus pares rubricassem uma boa exibição.  
Rui Gomes tem se destacado pela veia goleadora em campo

Ficha de jogo 

Campeonato Pro-Nacional AF BRAGA
Parque de jogos Arena Silvar 

Brito SC 1- AD Ninense 1 

Arbitro : Filipe Pinheiro auxiliado por Ricardo Martins e Pedro Vieira
Pelo Brito jogaram: Paulinho, Carlos, Nelson, Tiago Martins (China 88 m), Lamosa (Bruno 84 m), Pinto (Chidi 72 m), Tico, Branca, Freitas, Pedrinho e Pedro Lopes.
Tecnico: Ricardo Teixeira

Pelo Ninense jogaram: Marafona, Andre, Diogo Novo, Martins , Rui Torres, Xavi, Venú, Ventura (Nuno Afonso 64 m), Rochinha, Tiago Silva (Socrates 76 m) e Rui Gomes.
Tecnico : Hugo Santos

Marcador: Lamosa (1-0 aos 4 m) e Rui Gomes (1-1 aos 30 m).
Disciplina : Amarelos : Rochinha ( 90 +2 m )

domingo, 1 de abril de 2018

Ninense marca presença nas meias finais da Taça

Diogo Novo sempre mais alto que os seus adversarios, marcou o golo da vitoria


Golo de Diogo Novo na recta final do prolongamento carimbou passagem na prova. 

Disputou-se este sabado em Ruivães os quartos de final da Taça AF BRAGA num derbi concelhio que opôs a equipa local ao Ninense , levando a melhor a equipa visitante ao vencer no prolongamento , após o empate a uma bola no tempo regulamentar. 
O jogo começou movimentado, e logo na primeira jogada , os homens da casa mandaram a bola ao poste. Na resposta , Nuno Afonso cobra um livre para boa defesa do guardião Gil. 
Os locais estavam bem habituados ao relvado de menores dimensões, e fruto de uma pressão alta e eficaz , conseguiam criar perigo junto das redes de Marafona. 
Perto da meia hora de jogo, o Ruivanense acabaria mesmo por se adiantar no marcador, na cobrança de um livre, Nani aparece solto de marcação na area e cabeceia sem hipoteses para Marafona .
Hugo Santos , tecnico ninense, promoveu dupla substituição ao intervalo com as entradas de Rochinha e Socrates, para tentar agitar a frente de ataque. Aos poucos, os visitantes foram tomando conta das operações, dispondo de varios livres e ocasiões para igualar. Perto da hora , ainda se gritou golo, quando Venú rematou cruzado , e a bola saiu a centimetros do poste . Hugo Santos lança a ultima cartada , com Junior a entrar no terreno de jogo.
O Ruivanense ia tentando congelar o desafio , baixando perigosamente as linhas , e tentando espreitar um contra-golpe para matar o encontro. Porém, a defesa ninense estava assertiva, com Diogo Novo e André a controlarem a oposição.
No entanto, a resistencia dos locais durou até ao minuto 77, com Rui Gomes a assistir Socrates que de cabeça empatou a partida.  Do lance, o avançado ninense lesiona-se e tem de jogar o resto do desafio condicionado, já que Hugo Santos havia esgotado as substituições minutos antes. 
Com uma unidade em sub-rendimento, o Ninense continuou mesmo assim a ser melhor em campo, mas o jogo iria mesmo para prolongamento. 
Os minutos finais foram emocionantes, mas valeu nessa altura já perto do final o golo de um dos melhores em campo, Diogo Novo.  O central ninense, que tem sido um caso impar de regularidade esta epoca, imperial a defender nas alturas , e ao minuto 114 ainda teve força e engenho para na sequência de uma bola parada rematar em acrobacia para escrever a reviravolta no marcador. 
O Ruivanense tentou o tudo por tudo , e João Pedro que havia entrado minutos antes quase empata a partida com um remate cruzado, não fosse a enorme defesa de Marafona que fez bem a mancha e desviou a bola para canto. Venú ainda teve nos pés o golo da tranquilidade,  mas o apito final soou minutos depois , com o Ninense a carimbar uma vitoria que teve tanto de saborosa quanto dificil, uma vez que esta equipa do Ruivanense tem efectivamente um bom plantel e bons principios de jogo. 
O trio de arbitragem teve prestação positiva, embora nem sempre fosse ajudada pelas duas equipas em campo, que com as emoções ao rubro, iam protestando lances e decisões do jovem arbitro Joao Ribeiro. 
As meias finais já estão definidas, e trazem novo derbi famalicense , opondo Ninense e Joane , com a certeza de que uma equipa de Famalicão irá marcar presença na grande final. 

Ficha de jogo 

1/4 Finais da Taça AF BRAGA 

Parque de jogos Capitão Fonseca (Ruivães)

RUIVANENSE 1 - AD NINENSE 1  ( 1-2 após prolongamento)

Arbitro : João Ribeiro auxiliado por Valentim Barroso e Paulo Faria 

Pelo Ruivanense jogaram: Gil, Nani, Dunio, Marco, Dias, Henrique, Helder (Marquinho 82 m), Ramadas, Rui Costa (Andre 77 m), Tiago e Camilo . 
Treinador : Martins 

Pelo Ninense jogaram: Marafona, Andre, Diogo Novo, Martins, Rui Torres , Xavier, Venú, Jonas (Junior 72 m) , Tiago Silva  (Socrates 45 m), Nuno Afonso (Rochinha 45 m), e Rui Gomes . 
Treinador : Hugo Santos 

Marcador : Nani ( 1-0 aos 30 m), Socrates (1-1 aos 77 m), Diogo Novo (1-2 aos 114 m). 

Disciplina : Amarelos : Dias (14 m), Andre (19 m), Rochinha (65 m), Junior (87 m), Marco (90+ 4m), Marafona (120 m).

domingo, 25 de março de 2018

Ninense bate lider Maria da Fonte


Num jogo de muita entrega mas poucas oportunidades, valeu o golo solitario do artilheiro Rui Gomes.

Em Nine defrontavam-se duas equipas adeptas do bom futebol , com o lider Maria da Fonte a visitar este Ninense que passa por uma boa fase no campeonato.
O jogo foi marcado por recortes de calculismo , com ambos os conjuntos a respeitarem o adversario, pelo que as oportunidades de golo foram escassas. Aos 13 minutos, é um defesa marafontista quem tira a bola da trajetoria de golo. O vento forte da primeira parte condicionava o jogo, com os forasteiros a terem grandes dificuldades em sair do seu meio campo defensivo.
O segundo tempo foi mais equilibrado, mas seria novamente o Ninense a criar perigo logo na abertura, com Venú a tentar o chapéu a Miguel , mas o guardião a adivinhar bem o lance. Perto da hora de jogo, Vitor Hugo sai lesionado do lado dos visitantes, e o meio campo ninense agigantou-se , tendo colhido frutos pouco depois, com Rui Gomes a ganhar as costas do ultimo homem e a bater cruzado o guardião Miguel. 
Ricardo Cruz e Pepe ainda entraram na partida para o lado dos forasteiros, mas a defensiva ninense manteve-se irredutivel até ao periodo dos descontos, onde o Maria da Fonte quase chegava ao empate, mas o cabeceamento de Pepe bateu com estrondo no travessão da baliza de Marafona . 
Num jogo decidido em detalhes, ganhou a equipa que efetivamente dispôs de mais chances de golo , frente a um conjunto que , tal como referiu o seu treinador no final, pode e deve fazer bem mais , isto se quiser ser campeão. 
O trio de arbitragem liderado por Andre Duarte este irrepreensivel , tentando sempre deixar jogar e optando pelo dialogo em vez da sanção disciplinar, numa partida onde os jogadores acabaram por não complicar o trabalho do jovem arbitro e seus pares. 

Ficha de jogo 

Campeonato Pro- Nacional AF BRAGA 

Complexo Desportivo de Nine 

AD NINENSE 1 - SC MARIA DA FONTE 0 

Arbitro: Andre Duarte auxiliado por Daniel Vale e Sergio Ferraz

Pelo Ninense jogaram: Marafona, Andre, Novo, Martins, Rui Torres, Xavi, Venú (Ventura 90 + 2m), Jonas, Nuno Afonso (Rochinha 76 m), Tiago Silva (Socrates 81 m) e Rui Gomes. 
Treinador: Hugo Santos 

Pelo Maria da Fonte jogaram: Miguel, Cara, Ruizinho, Vitor Hugo (Bruno Oliveira  62 m), Henrique (Ricardo Cruz 68 m), Telmo, Figo, Cabreira, Miguel (Pepe 76 m), Marna e Joao Paulo. 
Treinador : Alberto Fernandes 

Marcador: Rui Gomes (1-0 aos 68 m).

Disciplina: Amarelos :  Vitor Hugo (56 m), Figo (63 m), Bruno Oliveira (65 m), Xavi (71 m), Venú (83 m) e Marafona (90 + 3 m). 



domingo, 18 de março de 2018

Ninense vence lanterna vermelha Urgeses



Ninense foi a casa do lanterna vermelha Urgeses vencer por tres bolas a zero .

O Ninense levou de vencida os Amigos de Urgeses no passado sabado com golos de Rui Gomes e Nuno Afonso, que bisou na partida. 
Num jogo de sentido único, com os comandados de Hugo Santos desde cedo a tomarem conta das despesas de jogo, o tento inaugural aconteceria naturalmente , com Rui Gomes a ficar isolado na cara do guardião Luis Lopes e a bater sem dificuldade o seu oponente. 
Já perto do final do primeiro tempo, rápido contra-ataque dos famalicenses e Nuno Afonso a aparecer oportuno dilatando o resultado. 
O segundo tempo trouxe uma equipa da casa mais afoita á procura de um outro resultado. No entanto , a equipa vimaranense , que tem o seu destino já traçado com a descida de divisão quase matematicamente definida, sempre pareceu ter poucos argumentos para contrariar o melhor futebol apoiado dos forasteiros, que há medida que o tempo corria, foi dando minutos a atletas menos utilizados como Amorim, Tiago Oliveira e Ventura. 
Já na reta final, Nuno Afonso bisaria na partida . O jovem médio, cedido esta temporada pelo FC Famalicão, bateu de forma irrepreensivel um livre direto, marcando o seu sexto golo na temporada. 
Num jogo onde o Ninense tinha tudo a perder que não fosse alcançar os três pontos, a equipa de Hugo Santos abordou a partida de forma séria e comprometida, trazendo os pontos de Guimarães para Nine.
Arbitragem de qualidade sem problemas de maior nem influencia no resultado final. 
Nuno Afonso leva já seis golos na temporada


Ficha de jogo 

Campeonato Pro-Nacional AF BRAGA 

Campo do Ponte 

Amigos de Urgeses 0 - AD Ninense 3 

Arbitro : Luis Costa auxiliado por Marco Teixeira e Helder Lamas

Pelo Urgeses jogaram: Luis, Bruno, Paulo, Vasco, Né, David, Joao Filipe, Silva (Rocha), Borges (Alberto), Marcio (Joao Leite), Miguel.

Tecnico: Armando  Silva

 Pelo Ninense jogaram: Marafona (Tiago Oliveira ), Martins (Amorim), Novo, Andre, Rui Torres, Xavi, Venú, Jonas, Nuno Afonso, Tiago Silva (Ventura) e Rui Gomes.

Tecnico : Hugo Santos 

Marcador: Rui Gomes (0-1 aos 21 m), Nuno Afonso (0-2 aos 42 m), Nuno Afonso (0-3 aos 85 m).