terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Primeira derrota fora de portas para os Seniores


Seniores foram derrotados por um golo madrugador em Esposende 

O Ninense perdeu pela primeira vez na temporada fora de portas ao sair derrotado de Esposende por uma bola a zero. 
O Esposende cedo chegou á vantagem logo aos sete minutos por intermedio de Rui André e poderia ter mesmo dilatado a vantagem escassos minutos , ao enviar uma bola a trave da baliza ninense. 
Aos poucos, os famalicenses foram equilibrando o jogo, mas aos 33 minutos os forasteiros ficam reduzidos a dez elementos por indicação do juiz de linha Miguel Rocha , que justifica ter sido insultado por Xavier, o que causou alguma indignação entre os presentes, já que Xavier encontrava-se no centro do terreno.
Mesmo em inferioridade numerica, os ninenses foram dando sinais de quererem discutir o desfecho do resultado, dispondo de inumeras oportunidades para o fazer.
Numa segunda parte com chances de golo eminente para ambos os lados, em especial para o Ninense com Jonas a rematar ao poste e Venú em duas ocasiões apenas com o guardião Salgueiro pela frente, acabou mesmo por prevalecer o golo madrugador daquele que é o melhor marcador da prova. 

Pelo Ninense jogaram: Nuno, Martins, Pinheiro, Rochinha, Xavi, Diogo Novo, Nuno Afonso (Rui Torres ), Venú, Socrates (Junior ). 
Treinador : Hugo Santos 

domingo, 11 de fevereiro de 2018

Ecos da imprensa sobre o Ninense vs Vieira




Ecos da imprensa sobre o Ninense vs Vieira 


In “Correio do Minho “ 11 Fevereiro
Ninense bateu-se ontem com valentia, mesmo com menos um jogador, e conseguiu surpreender o Vieira”

“Quando queremos conseguimos fazer coisas extraordinárias”
Hugo Santos (tr. Ninense)

“Faltou-nos concentração e agressividade”
Miguel Paredes (tr. Vieira)

“Mesmo reduzidos a dez jogadores, o Ninense conseguiu ontem agigantar-se frente
ao líder Vieira, vencendo por 3-2.”


In “Diario do Minho “ 11 Fevereiro

“Lider parou na estação de Nine”

“Mesmo com 10, a ad Ninense foi sempre mais forte que o Vieira sc”

“Equipa da casa, durante a segunda parte, esteve sempre por cima no jogo e ainda foi buscar forças para marcar o golo da vitória, mostrando uma alma enorme.”

“Quando se pensava que o Vieira iria cair em cima do adversário na tentativa de chegar à vitória, isso não aconteceu e muito por culpa da boa organização e entreajuda da equipa de Hugo Santos.”

“«Entrámos de pantufas. Não fomos agressivos e acutilantes e acabámos por permitir erros semelhantes que deram os golos do adversário.”
Miguel Paredes (tr.Vieira)

Ninense trava lider Vieira em jogo emotivo





O lider do campeonato Vieira saiu derrotado este Sábado ao perder por três bolas a duas em Nine.  A equipa da casa começou bem melhor e aos vinte minutos já vencia com dois golos tirados a papel químico de Nuno Afonso, com o jogador a aparecer ao segundo poste e a finalizar com sucesso.
Socrates poderia ter mesmo dilatado a vantagem dos famalicenses perto da meia hora, mas o guardião Pedro Silva ganhou o duelo contra o avançado ninense.
Gorada a oportunidade, o Vieira chegou ao empate em escassos dois minutos . Primeiro foi Gostinho na marcação de um livre direto. Depois seria Rafinha a marcar para os forasteiros.  Do lance, o Ninense ficou reduzido a dez elementos, com o guardião Marafona a ser expulso por protestos .  A equipa de Hugo Santos preparava-se para jogar mais de uma hora com inferioridade numérica. 

O jogo tornou-se então algo incaracterístico, com o Ninense a recuar linhas e a jogar com Socrates sozinho na frente de ataque .  O intervalo serviu para serenar os ânimos , e as equipas voltaram para a segunda parte com a mesma estratégia.  Nesta fase, tinha o Vieira mais responsabilidades , já que com mais uma unidade em campo e com a liderança do campeonato em risco, cabia á equipa de Miguel Paredes tomar conta das operações. No entanto, os famalicenses foram irredutíveis na defesa , e em rápidos contra-ataques procuravam fazer estragos na baliza visitante.  Já perto do final, em lance de bola parada ,  o ninense Jonas recupera uma bola com a defensiva do Vieira a ver jogar e remata vitorioso para o fundo das redes de Pedro Silva, levando ao delírio o muito publico afecto aos da casa na bancada.


“ Faltou-nos concentração e agressividade”
“A minha equipa entrou muito mal na partida, faltou-nos concentração e agressividade permitindo dois golos ao nosso adversario. Depois fizemos o mais difícil , que era chegar ao empate, mas não conseguimos lidar com o que se passou depois. Na segunda parte nunca conseguimos dar muita profundidade ao jogo, o adversário jogou mais fechado apostando nas bolas paradas , e com mais um erro individual permitimos ao Nine chegar ao 3-2 . Sentimos algumas ausências no plantel, mas é com estes que temos de lutar”
Miguel Paredes, técnico do Vieira


“ Quando queremos conseguimos fazer coisas extraordinárias”
“ É um jogo que só vale três pontos, mas a verdade é que conseguimos  com grande jogo e alma e com o apoio do publico vencer uma equipa excecional que tem uma media de pontos enorme.  Quando queremos e estamos dentro do jogo, conseguimos fazer coisas extraordinárias . Sofremos dois golos, porque o adversário tem valor e desligamos um pouco nessa fase do jogo, mas os jogadores entenderam bem o que foi o jogo e estão de parabéns”

Hugo Santos , técnico ninense

Ficha do jogo 

Complexo Desportivo de Nine 

Campeonato Pro-Nacional AF BRAGA - 22ª Jornada 

AD NINENSE 3 – VIEIRA SC 2 

Arbitro : Joao Paulo Macedo com Helder Gonçalves e Carlos Ribeiro
Pelo Ninense jogaram: Marafona, Novo, Pinheiro, Martins, Rochinha, Xavi, Jonas, Venú (Ventura 90m) , Nuno Afonso (Junior 69 m), Rui Gomes (Tiago Oliveira 30 m) e Socrates .
Tecnico : Hugo Santos

Pelo Vieira jogaram: Pedro Silva, Jó Vieirinha (Bruno Cunha 82 m), Ismael, Gil, Castro, Gustinho, Pedrinho, Rafinha , Varanda, Luca e Ismai (Zé Pedro 56 m).
Técnico : Miguel Paredes

Marcador: Nuno Afonso (1-0 aos 17 m, 2-0 aos 19 m), Gustinho (1-2 aos 28 m), Rafinha (2-2 aos 30 m) e Jonas (3-2 aos 81 m).
Disciplina: Amarelos : Castro (20 m), Pinheiro (22 m), Luca (22 m), Marafona (28 m), Varanda (32 m), Rochinha (56 m), Jó Vieirinha (70 m), Xavi (80 m), Gil (90 m).
Vermelho direto para Marafona ( 30 m).



 

 

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Duas caras novas no plantel ninense


 O plantel senior da AD Ninense conta com duas caras novas no balneario para reforço do setor defensivo .
Felipe Garcia chega do Louletano (Campeonato de Portugal) chega a Nine por intermedio de emprestimo ao abrigo do protocolo com o FC Famalicao.
Já a outra cara é Rui Torres (ex-Marinhas), trantando-se de um regresso a uma casa que bem conhece, ele que representou a AD Ninense na temporada de 2013/214.

terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Paulo Ricardo está de saida do plantel ninense


A direção da AD Ninense informa que o atleta Paulo Ricardo deixou de fazer parte do plantel senior da equipa famalicense.
A direção agradece o empenho e dedicação do atleta, sendo agora o jogador livre de procurar clube para continuar a sua carreira.


domingo, 4 de fevereiro de 2018

Ninense continua invicto fora de portas



O Ninense ainda não foi derrotado fora de portas esta temporada, mas decididamente é o rei dos empates, tendo precisamente carimbado nova igualdade nesta jornada ao visitar e empatar nas Taipas a duas bolas. 
O Ninense começou a todo o gás, e logo aos seis minutos o arbitro marca castigo maximo a favor do Ninense, mas Rui Gomes permite a defesa de André. No entanto, o avançado de Nine redimiu-se , e no minuto seguinte inaugura o marcador, mercê de uma boa assistencia de Xavi. O avançado poderia ter mesmo dilatado o marcador dois minutos depois, ao aparecer isolado perante Andre, mas rematou a bola por cima da baliza. Aos poucos, o Taipas foi se recompondo do fulgor inicial dos famalicenses e chegaria ao empate já perto do intervalo, com Diogo Leite a corresponder a um centro de Moreira. 
A segunda parte foi jogada de forma mais equilibrada com ambos os treinadores a mexerem no xadrez em campo. Hugo Santos promoveu a entrada de Rochinha para o lugar de Nuno Afonso, mas seria o Taipas a adiantar-se no marcador na conversão de uma grande penalidade através de Maka. 
O Taipas tinha consumado a reviravolta no marcador,  e o treinador famalicense fez dupla substituição com as entradas de Socrates e Paulo Ricardo.  O avançado ninense demorou escassos dez minutos para igualar a partida , após a marcação de um canto pela direita. 
O jogo caminhava para o fim , mas ainda deu tempo para Marafona brilhar ao suster o remate de Joaquim , que apareceu isolado após um mau atraso de Paulo Ricardo. 
Já em periodo de descontos, o tecnico Antonio Carvalho seria expulso do banco dos locais, após troca azeda de palavras com a equipa de arbitragem , que esteve em bom plano , pese embora alguma contestação dos locais. 

Ficha de jogo 

Campeonato Pro-Nacional AF BRAGA 

Campo do Montinho 

Clube Caçadores das Taipas 2 - AD Ninense 2 

Arbitro : Ricardo Antunes auxiliado por Joao Almeida e Joao Pimenta.

Pelo Taipas jogaram: Andre, Bruno Machado, Maka, Hugo Veiga, Tiago Carneiro,  Rui Pereira (Abreu 52 m), Figueiras(Joaquim 65 m), Moreira, Antonio, Diogo Leite (Ricardo Sousa 86 m) e Sau.
Treinador: Antonio Carvalho 

Pelo Ninense  jogaram: Marafona, Diogo Novo, Pinheiro , Martins, Andre ( Socrates 73 m), Jonas, Ventura (Paulo Ricardo 73 m), Venú , Xavier, Nuno Afonso (Rochinha 60 m), e Rui Gomes.  
Treinador : Hugo Santos

Marcador : Rui Gomes (0-1 aos 7 m), Diogo Leite (1-1 aos 38 m), Maka (2-1 g.p. aos 68 m), e Socrates (2-2 aos 83 m). 

Disciplina: Amarelos : Ventura (40 m), Veiga (90 m) e Rochinha (90+5 m). 
Vermelho para o tecnico Antonio Carvalho