sábado, 18 de março de 2017

Grande partida de futebol resultou em empate




Santa Eulalia e Ninense protagonizaram um jogo emotivo com a incerteza a reinar até ao apito final da partida e com o resultado final a marcar duas bolas para cada lado.

Quem esteve presente este Sabado no Campo de Jogos em Santa Eulalia de Vizela certamente terá dado o dinheiro do ingresso por bem entregue , com duas equipas á procura da vitoria , protagonizando um excelente cartaz para esta Pro-Nacional.
O jogo começou equilibrado, com Rui Gomes a rematar cruzado á baliza de Alex. Na resposta , os homens da casa inauguraram o marcador , com Armando a desviar ao primeiro poste um canto batido pela esquerda. Pouco depois, os visitantes reclamam um contacto na area local, com Jonas a cair no relvado, mas o arbitro considera falta ofensiva. Á passagem da meia hora, Jonas de livre quase empata. No entanto , no minuto seguinte, os famalicenses chegam mesmo ao golo, com Socrates a aguentar a carga de um adversario, e a só parar após meter a bola no fundo das redes vizelenses. Os comandados de Nelson Silva, que assumiu a equipa esta semana, acusaram o golo , e Rui Gomes quase coloca o Ninense na frente, mas Alex, por instinto,  defende o desvio do atacante de Nine.
O intervalo foi algo atribulado, com João Sampaio a sentir-se mal, mas tudo não passou de um susto , e o guardião regressou para o segundo tempo.
Rochinha deu o primeiro sinal de perigo para o Ninense, com um remate de meia distancia.
Rui Gomes teve nos pés o golo ninense, mas o remate saiu mal. Num jogo intenso, de parada e resposta, os vizelenses chegaram novamente ao golo no lance seguinte, com Totas a encostar na pequena area.
Hugo Santos promoveu a entrada de Christophe para render Rui Gomes - o atacante jogou condicionado - e cinco minutos depois o Nine chega ao empate com uma grande arrancada de Rochinha pela esquerda, servindo com mestria Jonas que fuzila o guardião Alex. 
Pouco depois, são os locais a reclamarem por um lance na area ninense, mas o arbitro novamente ajuiza não haver falta. 
A ultima meia hora de jogo foi jogada de forma intensa , com a incerteza do marcador até ao apito final do arbitro. O recem-entrado Bessa quase marca para os da casa. Na resposta, Christophe assiste Socrates que falha a bola de forma incrivel. Em cima do final, Benicio remata por cima , com a baliza ninense desguarnecida. Na resposta, Socrates remata as malhas laterais, quando os visitantes estavam em superioridade numerica.
O som do apito final iria se ouvir pouco depois, com as duas equipas resignadas com o empate, numa grande montra de futebol desta competição. 

Ficha de jogo 

Campo de Jogos do Santa Eulalia de Vizela 

CCD Santa Eulalia Vizela  2 - AD Ninense 2 

Arbitro : Henrique Guise auxiliado por Carlos Torres e Flavio Dias .

Pelo Santa Eulalia jogaram: Alex, Paulinho, Paulo Sampaio, Basilio, Armando, Cascavel, Vilela, Andre Cunha, Tiago Monteiro, Marquinho e Totas.
 Treinador: Nelson Silva 

Pelo Ninense jogaram: Sampaio, Rochinha, Tiago Oliveira, David (Joao Dias 80 m), Paulo Ricardo, Rui Gomes (Christophe 64 m), Jonas (Fonseca 90 + 2 m), Xavi, Socrates, Venú e Martins.
Treinador : Hugo Santos

Marcador: Armando (7 m), Socrates (34 m), Totas (61 m) e Jonas (67 m).

Disciplina: Amarelos: Martins (19 m), Cascavel (50 m), Tiago Oliveira (70 m), Tiago Monteiro ( 77 m), Socrates (80 m), Andre Cunha (80m), Benicio (80 m), Joao Dias ( 90 +2 m), Rochinha  (90+ 4m).




domingo, 12 de março de 2017

Eficacia ninense foi a chave de nova vitoria


O Ninense levou de vencida o Maria da Fonte por duas bolas a uma e ascendeu ao terceiro posto da classificação.
Num jogo marcado por muito vento , os primeiros minutos foram de estudo mutuo, com as duas equipas a procurarem o erro do adversario. Socrates teve no pé direito oportunidade para inaugurar aos 20 minutos, mas o remate saiu a tirar tinta ao poste da baliza de Talaia. No entanto , dois minutos volvidos, os homens da casa adiantavam-se mesmo no marcador por intermedio de Paulo Ricardo com um belo chapeu a Talaia.
Paulo Ricardo (na imagem) foi o autor de um grande golo de chapéu a Talaia
Embora com poucas chances de golo, os visitantes empataram ao cair do pano do primeiro tempo por intermedio de Figo, após cruzamento de Bruno Filipe. 


Numa segunda parte dividida, o Ninense capitalizou melhor as oportunidades de que dispôs. Ainda assim , Miguel, isolado perante João Sampaio teve a perdida da tarde no reatar do segundo tempo, com o guardião ninense a fazer a defesa da tarde. Não marcaram os visitantes, regressou a eficacia do melhor ataque da prova e Rui Gomes á passagem da hora de jogo marcou o tento da vitoria com mais um belo remate a deixar pregado no chão Talaia.  
Um golo muito festejado em todo o recinto, já que permitiu a ascensão da equipa de Hugo Santos, ainda que de forma provisoria, ao terceiro posto da classificação.
Sobre o trio de arbitragem há pouco ou nada a dizer. Uma actuação sobria e discreta , ao nivel dos intervenientes de jogo. 


"  O vento foi um factor extra que prejudicou duas equipas que gostam de jogar um futebol mais apoiado, mas foi uma excelente vitoria da nossa parte. Na antevisão já tinha dito que em caso de derrota não iria morrer ninguem e pela mesma razão não irão haver festejos redobrados. Vale três pontos , perante uma excelente equipa , mas a nós resta-nos continuar o nosso caminho, tentando manter a serie de jogos sem perder e sobretudo brindando os nossos adeptos que nos têm apoiado sempre em todos os campos e em todo o lado"
Hugo Santos , treinador do Ninense 

" Estes jogos são sempre jogo de tripla. Se calhar resume-se á eficacia; nós , numa primeira parte de força , lutamos contra o vento e contra o Nine. Conseguimos chegar algumas vezes á baliza, mas depois num erro nosso , nasce o golo do Paulo Ricardo . Ainda assim, não acusamos esse tipo de pressão e continuamos a manter a mesma estrategia. Chegamos ao empate , com alguma justiça. A segunda parte tivemos uma perdida incrivel, e depois veio a eficacia do Nine novamente. Se calhar até poderiam ter ampliado o marcador com um lance do nosso guarda-redes, mas nessa altura o jogo já estava incaracteristico. Se calhar o empate ajustava-se melhor" 
Roger Bastos , treinador do Maria da Fonte


Ficha de jogo 

Campeonato Pro-Nacional AF BRAGA 

Complexo Desportivo de Nine

AD NINENSE 2 – SC MARIA DA FONTE 1 

Arbitro : Nicolas Gerald auxiliado por Rui Ribeiro e Sergio Carvalho 

Pelo Ninense jogaram: Sampaio, David , Martins, Paulo Ricardo, Tiago Oliveira, Xavi, Venú, Rochinha (João Dias  67 m), Jonas, Rui Gomes (Jorginho 90+1 m) e Socrates (Christophe 80 m).
Treinador: Hugo Santos

Pelo Maria da Fonte jogaram: Talaia, Bruno Oliveira, Rui (Tiago Carneiro 79 m), Henrique, Bruno Rocha, Gil, Miguel, Figo (Rafa 67 m) , Rampa (Rui Jorge 86 m), Bruno Filipe e Diogo.
Treinador: Roger Bastos 

Marcador:  Paulo Ricardo ( 24 m) , Figo (40 m) e Rui Gomes (60 m).

Disciplina :Amarelos : Jonas (29 m), Rochinha (37 m), Christophe (42 m), Talaia ( 43 m).



domingo, 5 de março de 2017

Triunfo suado cola Ninense no pelotão da frente


Ninenses foram vencer na casa do laterna vermelha Vila Chã com golo solitario de Jonas.

O Ninense continua na senda de bons resultados e foi vencer este Domingo no terreno do Vila Chã por uma bola a zero.
Começaram melhor os homens da casa, com Crock a rematar para grande defesa de Joao Sampaio. Perto dos vinte minutos os avançados locais não aproveitaram superior oportunidade para abrir o marcador, rermatando por cima. Já perto do intervalo, praticamente na primeira aproximação de perigo do Ninense, os comandados de Hugo Santos abrem o marcador. Socrates escapa pela esquerda , centra para Rui Gomes que, com inteligencia, deixa para Jonas encher o pé e abrir o activo. 
A segunda parte foi bem mais intensa, com muitas oportunidades de golo. Com a equipa de Paulo Vida balanceada no ataque, o Ninense foi somando algumas chances para matar a partida. Venú aos 25 minutos remata as malhas laterais. Rui Gomes copiou o colega  e rematou por cima. Pouco depois foi Jonas quem tirou tinta ao ferro da baliza de Naifas com um remate colocado.
Os homens da casa iam acusando o resultado , face tambem da posição na tabela classificativa, e começaram com alguma impetuosidade dentro das quatro linhas, não facilitando o trabalho do trio de arbitragem. Pelo meio, Chora ainda tentou o remate de meia distancia, mas a bola saiu ao lado.
O final da partida foi algo atribulado , com Mario Faria a receber ordem de expulsão já perto do final do tempo regulamentar.
Num campo tradicionalmente dificil, este foi um importante teste para o que resta da temporada.
O trio de arbitragem teve uma tarde tanto de positiva como de dificil, fruto tambem da pressão e agressividade dos homens da casa, ajuizando sempre bem os lances mais complicados do desafio. 

Ficha de jogo 


Campeonato Pró-Nacional AF BRAGA 

Estadio do Vila Chã 

UD Vila Chã 0 – AD Ninense 1
Arbitro : Tiago Ribeiro auxiliado por Diogo Abreu e Carlos Torres

Pelo Vila Chã jogaram:  Naifas, Crock, Mario Faria, Nelson, Mouquinho, Cigano, Nandinho, Andre (Chora 45 m), Jardel (Paulinho 61 m), Beto e Vassalo (Tiaguinho 70 m).
Treinador: Paulo Vida

Pelo Ninense jogaram: Sampaio, David, Martins, Paulo Ricardo, Tiago, Xavi, Venú, Rochinha (Joao Dias 45 m), Jonas (Jorginho ), Rui Gomes e Socrates (Christophe 73 m ).
Treinador: Hugo Santos 

Marcador: Jonas ( 38 m)

Disciplina : Amarelos : Rochinha (6 m), (Rocha 45 m), Jardel (49 m), Beto (50 m), Mouquinho (78 m),  Jonas (80 m), Paulo Ricardo (83 m), Christophe (85 m).
Vermelhos :Direto para  Mario Faria (86 m).

domingo, 26 de fevereiro de 2017

Ninense marca presença nos Oitavos da Taça



Paulo Ricardo abriu o marcador para o Ninense
Lotaria das grandes penalidades sorriu aos famalicenses , com Rui Gomes a marcar o tento decisivo.
Fim de semana de Taça, com o Ninense a regressar a Amares duas semanas após o jogo do campeonato. 
Os comandados de Hugo Santos entraram melhor na partida, e logo aos dez minutos Gonçalo quase faz auto-golo na baliza amarense. O Amares teve o primeiro sinal de perigo aos 23 minutos com Petit em remate de meia distancia. Ao contrario dos primeiros minutos freneticos, o jogo caiu de intensidade e só perto do final da primeira parte voltariam as oportunidades, curiosamente com o golo visitante.
Canto marcado por Martins e Paulo Ricardo, de cabeça, faz a sua estreia a marcar com as cores ninenses. 
O Amares entrou para o segundo tempo com mais ambição na procura de outro resultado, mas foi Socrates quem deu primeiro sinal de perigo logo no reatar, ao correr meio campo e só desarmado no ultimo suspiro por Maka. 
Aos 23 minutos, o Amares chega ao empate na sequencia de um canto de Ze Miguel , Rui Torres remata forte e colocado para o golo do empate.
A escassa meia hora do desafio, as equipas refrearam um pouco o animo atacante, mas o golo ninense quase acontecia perto do minuto 90, com o recem-entrado Rui Gomes a rematar a centimetros do poste de Fernando. 

O  jogo acabaria mesmo por ir para prolongamento, onde um Ninense balanceado no ataque quase era surpreendido pelo Amares em duas situações. Se no primeiro caso , o central Ninense Tiago teve pulmão para desarmar o atacante local , no segundo lance Rocha falha o golo clamorosamente , quando tinha a baliza á sua mercê.
Na lotaria das grandes penalidades, o Ninense fez o pleno , com o guardião João Sampaio a suster o quarto penalti do Amares, e  Rui Gomes a marcar o tento decisivo que coloca assim o Ninense nos oitavos de final da prova.
A proxima ronda já está definida, com a visita do Ninense a Terras de Bouro, num desafio que dá acesso aos quartos de final da prova. 
Joao Sampaio foi um dos herois da tarde ao defender um penalti decisivo

"Fica sempre um sabor amargo pela forma como jogamos e nos batemos. Estivemos sempre mais perto de marcar o segundo golo. É bom lembrar que na segunda parte do prolongamento tivemos duas oportunidades claras. Nos penaltis também temos de dar mérito ao guarda-redes. O que fica é a grande entrega, o acreditar e qualidade de jogo da nossa equipa. Os meus jogadores estão de parabéns e nenhum sócio do FC Amares pode criticar a equipa porque esteve muito bem. A infelicidade não vai durar sempre e esta equipa a jogar assim depressa vai sair do lugar em que se encontra".
Miguel Santos, tecnico do Amares

"Foi um jogo equilibrado. Não pensei que o Amares pudesse marcar depois do nosso golo, mas fê-lo com mérito. Depois, o jogo foi-se arrastando com oportunidade de um lado e de outro. Nas grandes penalidades tivemos a felicidade de passar à próxima eliminatória. Parabéns ao FC Amares que se bateu muito bem e acredito que vai atingir os seus objetivos no campeonato".
Hugo Santos, tecnico do Ninense

FICHA DE JOGO 

FC AMARES 1 - AD NINENSE 1  (4-5 G.Penalidades)
 
Campo José Carlos Macedo
Árbitro: Tiago Martins auxiliado por Ricardo Cunha e Carlos Moreira

Pelo Amares jogaram : Fernando Petit, Pinto, Gonçalo (Sérgio, 98), Rui Torres, Tita, Zé Miguel, Orlando (Miguel, 60’), Ventura, Rocha e Alenitchev (Diogo, 70’)
Treinador: Miguel Santos

Pelo Ninense jogaram: Sampaio Martins, Paulo Ricardo, Tiago, David, Xavi, Venú, Rochinha (Fonseca, 105’), Jonas (João Dias, 74’), Christophe (Rui Gomes, 72’) e Sócrates
Treinador: Hugo Santos

Golos: 0-1, por Paulo Ricardo (43’), 1-1, por Rui Torres (69’)
*3-5 nas grande penalidades 

Disciplina: Amarelo a Tita (23’), Alenitchev (38’) Tiago (40’), Petit (58’) e Martins (69’).

Penaltis
FC Amares: Diogo, Pinto e Petit (marcaram) e Rui Torres falhou
Ninense: Sócrates, Martins, João Oliveira, Venú e Rui Gomes.

domingo, 19 de fevereiro de 2017

Empate caseiro na receção ao Terras de Bouro


Ninenses estiveram em vantagem durante grande parte da partida, mas visitantes empataram já nos instantes finais do desafio.

O Ninense perdeu hoje excelente oportunidade para se colar ao pelotão da frente do campeonato ao permitir um empate a uma bola ao conjunto do Terras de Bouro.
A primeira parte foi algo monótona , com  as equipas a arriscarem pouco , esperando pelo erro do adversario. O primeiro lance de perigo resultou mesmo em golo, e já perto do intervalo. 
Venú tem jogada magnifica pela direita , e centra com peso e medida para Rui Gomes empurrar para a baliza deserta. Os comandados de Hugo Santos poderiam mesmo ter dilatado a vantagem antes do intervalo em duas situações. Primeiro foi Socrates quem apareceu na cara de Miguel , mas rematou as malhas laterais. Depois foi o central visitante Faneca a tirar um golo em cima da linha de baliza , a remate de Rui Gomes.
O intervalo chegou logo de seguida, mas parece ter sido melhor conselheiro aos visitantes, que partiram para uma segunda parte á procura do golo do empate, tendo mais posse de bola e ganhando muitas bolas paradas. Já perto do final, o esforço terrabourense acabaria mesmo por ser recompensado, e na sequencia de um canto, Pedro Reis aparece livre de marcação e marca o tento da igualdade. 
Com pouco tempo para reagir, o Ninense ainda criou duas situações de golo, com Paulo Ricardo no ultimo folego do desafio a cabecear ao lado da baliza visitante.
O empate acaba por ser justo , face á apatia da equipa ninense na segunda parte, e á ambição de uma equipa que, a lutar pela sobrevivencia, sempre acreditou que era possivel levar pontos para casa.
O trio de arbitragem liderado pelo jovem Andre Duarte este seguro, sendo assertivo nas decisões importantes, num jogo onde diga-se , não teve casos dificeis para ajuizar. 

Ficha de Jogo 

Complexo Desportivo de Nine 

Campeonato Pro-Nacional AF BRAGA 

AD NINENSE 1 - ADRC TERRAS BOURO 1 

Arbitro: Andre Duarte auxiliado por Helder Cardoso e Domingos Sousa

Pelo Ninense jogaram: Sampaio, David, Paulo Ricardo, Martins, Tiago Oliveira, Xavi, Venú, Rochinha (Joao Dias 66 m), Jonas (Jorginho 89 m), Rui Gomes e Socrates (Christophe 79 m). 
Treinador : Hugo Santos 

Pelo Terras Bouro jogaram: Miguel ,Jeremy, Faneca, Simões, Ribeiro, Tiago Silva , Maia (Martinho 77 m), Diogo (Tiago Mendes 64 m) ,Vaz ( Dino 84 m) e Pedro Reis. 
Treinador : Acacio Fernandes 

Marcador: Rui Gomes (38 m ) e Pedro Reis (89m).

Disciplina : Rochinha (31 m), Tiago Silva (38 m), Simões (85 m) e Miguel (90+2 m). 


sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

João Dias é reforço em Nine


O plantel senior da AD Ninense viu chegar esta semana mais um reforço para o ataque ao ultimo terço da temporada .
João Dias, ex-Maria da Fonte , é jogador do Ninense . Trata-se , na verdade, do regresso de uma cara conhecida, já que João Dias havia representado o Ninense durante duas temporadas, tendo-se transferido o mercado de Inverno para o Arões.
Este ano, João começou a epoca no clube da Povoa de Lanhoso, tendo agora se mudado para Nine.
O atleta já treinou com os colegas esta semana e pode ser opção para o tecnico Hugo Santos na receção ao Terras do Bouro no proximo domingo.